Noticia Nacional

Americana supera Marta em eleição da FIFA

09/01/2017 20:09:54

Pelo segundo ano consecutivo, a norte-americana Carli Lloyd, 34, do Houston Dash, foi eleita a melhor jogadora de futebol do mundo pela Fifa.

 

O anúncio foi feito nesta segunda (9), na premiação da entidade máxima do futebol, na Suíça.

 

Para levar o prêmio, a meio-campista bicampeã olímpica (Pequim-08 e Londres-12) superou a alemã Melanie Behringer, do Bayern de Munique e da seleção alemã campeã olímpica na Rio-2016, além da maior vencedora do prêmio de todos os tempos, a brasileira Marta, do Rosengard, da Suécia.

 

Se não venceu, Marta teve o gosto de voltar à disputa, da qual já saiu vencedora cinco vezes consecutivas (2006/07/08/09/10), recorde tanto entre as mulheres quanto entre os homens.

 

Indicada 13 vezes ao prêmio, Marta havia ficado de fora da final da eleição da Fifa na temporada passada.

 

Para chegar ao resultado, a Fifa soma votos de capitães e treinadores de todas as seleções do mundo (50%), voto popular (25%) e 200 jornalistas de todos os continentes (25%).

 

OUTROS PREMIADOS

 

O maior prêmio da noite, o de melhor jogador de 2016, ficou com Cristiano Ronaldo, do Real Madrid.

 

Para ganhar o prêmio pela quarta vez, ele superou o francês Antoine Griezmann, do Atlético de Madri, e o argentino Lionel Messi, do Barcelona.

 

A premiação do gol mais bonito trouxe decepção aos brasileiros. Com um gol de falta, em fevereiro, pelo Penang F.C, da Malásia, o malaio Mohd Faiz Subri ficou com o prêmio Puskás.

 

O brasileiro Marlone, do Corinthians, se tornou o primeiro brasileiro a chegar entre os finalistas e ser derrotado.

 

O primeiro brasileiro a ganhar o prêmio foi Neymar, em 2011, após marcar um belo gol pelo Santos sobre o Flamengo. Em 2015 foi a vez de Wendell Lira, que marcou na partida entre seu ex-clube, o Goianésia, e Atlético-GO, pelo Campeonato Goiano.

 

Entre os técnicos, o italiano Claudio Ranieri, que levou o Leicester ao título do Campeonato Inglês, foi eleito o melhor do mundo.

A seleção da Fifa, composta dos melhores jogadores do ano para a Fifa, ficou assim: Manuel Neuer; Daniel Alves, Gerard Piqué, Sérgio Ramos e Marcelo; Luka Modric, Toni Kross e Andrés Iniesta; Lionel Messi, Luis Suárez e Cristiano Ronaldo.

 

A ausência do francês Antoine Griezmann, do Atlético de Madri, surpreendeu, já que ele concorria com Ronaldo e Messi pelo prêmio de melhor jogador do mundo.

 

(FolhaPress)

 






Av. Almirante Barroso,2190, 3° andar. Marco

© Copyright 2011-2014 | Rádio Clube do Pará - Todos os direitos reservados